Como criar produtos de Micro-SaaS de R$1.000 a R$10.000 MRR em torno de Dashboards e Dados

Como usar Dashboards e Dados para criar negócios de até R$10.000 MRR?

Bruno Okamoto
16 Min de leitura
Como criar produtos de Micro-SaaS de R$1.000 a R$10.000 MRR em torno de Dashboards e Dados

Como construir Micro-SaaS de Dashboards e Dados

Photo by Luke Chesser on Unsplash

Neste artigo, vamos conhecer algumas ferramentas lucrativas que podem ser desenvolvidas em torno de dashboards e de dados. A maioria delas são soluções no-code e não precisam que os usuários trabalhem com códigos complexos.

Importante: todo estudo de caso é feito com estudos de empresas americanas pela facilidade de mapeá-las – o foco está na ideia e não no mercado

Quer participar da primeira e maior comunidade de Micro-SaaS do Brasil?

  • Conheça todas as novidades do mercado
  •  Faça networking
  •  Troque informações e conhecimento com profissionais de tecnologia, marketing e negócios

 Junte-se a mais de 5.000 profissionais em nossa Comunidade de Micro-SaaS BrasilConheça aquiÉ Grátis!

DataFetcher: Importe dados de qualquer lugar para o Airtable. Conecte o Airtable a qualquer API usando o aplicativo DataFetcher.

Retool: Desenvolva ferramentas internas e rápidas. Pare de insistir em bibliotecas de interface do usuário, em hackear fontes de dados, ou em descobrir controles de acesso.

SheetDB: Transforme uma planilha do Google em um JSON API. Conecte as planilhas do Google a CRM, API, sites, WordPress, ou a qualquer outro aplicativo ou ferramenta.

Sheet.Best: O SheetBest transforma planilhas em REST APIs. Conecte planilhas do Google ou CSV a qualquer coisa.

Ubiq: Relatórios e Analytics para MySQL, PostgreSQL. Crie relatórios e dashboards facilmente. Faça análise de dados usando poucos cliques. Aplique filtros e funções poderosas. Compartilhe relatórios com outras pessoas. O Ubiq suporta dados locais, remotos ou da nuvem.

Loopple: Com o Loopple você pode desenvolver seus próximos Bootstrap Dashboard facilmente, usando poucos cliques.

UiBakery: Desenvolva dashboards rapidamente, oferecendo suporte que seus usuários vão adorar. Crie, hospede e use ferramentas de dados internas feitas com blocos de desenvolvimento pré-definidos. Adicione códigos JavaScript personalizados.

ChartMogul: As melhores equipes de Saas usam o ChartMogul para mensurar, entender e fazer crescer sua receita recorrente com dashboards.

DataWrapper: Enriqueça seus stories com gráficos, mapas e tabelas. Construa gráficos, mapas e tabelas a partir de várias fontes de dados.

FlowDash: Transforme qualquer consulta de bancos de dados em um negócio. Transforme uma consulta SQL em uma ferramenta interna para sua equipe, com rastreamento, automação e colaboração de tarefas, integrados.

DataBox: O DataBox reúne todos os seus dados em um único lugar, para que você possa rastrear o desempenho e descobrir insights a todo tempo. Receita estimada: R$8 milhões por ano.

GeckoBoard: Construa dashboards e compartilhe facilmente seus dados, métricas e KPIs de forma clara e atraente. Receita estimada: R$7 milhões por ano.

WhatAGraph: Profissionais de marketing usam o WhatAGraph para acompanhar resultados de campanhas em diferentes canais. Construa relatórios que podem ser personalizados, e deixe que os insights dos dados mostrem o caminho. Receita estimada: R$1 milhão por ano.

Grow: Convença a partir dos dados. Simplifique a conexão de seus dados, acompanhe insights, e tome decisões a partir desses dados. Receita estimada: R$10 milhões no ano. Além disso, recebeu R$16 milhões em financiamento.

Sheet2API: Transforme qualquer planilha em uma API. O Sheet2API funciona com planilhas do Google, Microsoft Excel e Excel Online, além de transformar dados em uma API completa. Não requer o uso de códigos.

Dashthis: Tenha todos os seus dados de marketing em um relatório automatizado. É uma ferramenta automatizada de relatórios de marketing criada para ajudar profissionais do marketing a economizar horas de trabalho na criação dos relatórios. Receita estimada: R$4 milhões por ano.

FusionChats: Construa dashboards web e mobile, e gráficos JavaScript. Crie gráficos interativos e responsivos. Receita estimada atualmente: R$12 milhões por ano.

Slemma: Editor que permite aos usuários construírem, usarem filtros e editar gráficos facilmente. O assistente de gráficos robusto permite criar relatórios do zero e editar a partir de templates pré-definidos. Receita estimada: R$2 milhões por ano.

Vizzlo: Desde o simples gráfico de pizza até visualizações completas de dados, o Vizzlo pode ajudar a criar gráficos. Oferece ótimos plug-ins para PowerPoint e Slides do Google, suporte à nuvem e aplicativos para desktop. Receita estimada: R$2,5 milhões por ano.

ChartBrew: Faça análise de dados em um único lugar. O ChartBrew permite criar painéis e relatórios de dados interativos conectando todos os serviços em um único lugar. Obteve R$2 milhões de receita em menos de um ano.

KlipFolio: Junte todas as métricas em um único lugar. Escolha entre centenas de métricas selecionadas, sem necessidade de usar códigos. Receita estimada: R$7 milhões por ano.

DataPine: Desenvolva dashboards interativos a partir de dados vindos de diversas fontes. Receita estimada: R$5 milhões por ano.

Ilo: Dashboards para dados do Twitter. O Ilo oferece métricas de tweets para que se possa entender e aumentar o engajamento e o número de seguidores.

BackupFire: Faça backup de seus projetos do Firebase. Proteja seu Firestore e os dados de autenticação em minutos. Faça o backup de todos os dados ou de dados selecionados da Firestore, e também dos usuários da Firebase Authentication.

Coupler: Ferramenta de integração de dados para equipes. O Coupler sincroniza informações entre aplicativos para criar dashboards e relatórios a todo tempo, transforma e manipula valores, e coleta e armazena insights em um único lugar.

Baremetrics: Torne tudo mais fácil e preciso com ferramentas de métricas, cobranças e engajamento para SaaS e empresas de assinatura. Receita atual: R$150 mil por mês.

Dúvidas frequentes sobre Micro-SaaS de Dashboard e Dados

Eu posso consultar dados, de forma manual, como e quando preciso. Por que se preocupar com o painel?

R: Conectar-se manualmente ao banco de dados, realizar as consultas e exportar os resultados não é algo que seja escalável, especialmente quando você dá valor ao seu tempo. Além disso, é praticamente impossível compartilhar relatórios sem baixar e enviar por e-mail ou por drive. É nesse ponto em que os dashboards podem facilitar as coisas.

Ainda que a maioria das pessoas esteja interessada em criar dashboards, nem todos sabem como escrever questionários e usar códigos.

R: É exatamente isso que precisamos resolver. Muitos empreendedores não querem gastar esforços para construir dashboards e ficar lidando com dados. Por isso, precisamos de ferramentas simples, sem a necessidade de usar códigos, que façam esse trabalho.

Nichos de Micro-SaaS de Dashboard e Dados

·       Construtor de Dashboards no-code a partir de dados: Crie uma solução Micro-Saas que conecte as fontes de dados dos usuários, extraia os dados e construa um painel com esses dados. Ferramentas como essa são usadas principalmente por empreendedores e equipes de marketing que não pretendem gastar muito tempo trabalhando na criação desses dashboards. Por isso, a ferramenta precisa ser o mais automatizada possível, com controles de “arraste” e “solte” para selecionar dados, nomes de colunas, tipos de gráficos e templates prontos. Depois que os usuários tiverem criado os painéis, tenha certeza de que a ferramenta extraia os dados regularmente, e permita que os usuários publiquem o painel para suas equipes ou para o público. No caso de painéis publicados ao público, a ferramenta deve fornecer um link de compartilhamento que qualquer pessoa possa usar. Certifique-se de oferecer suporte ao maior número possível de fontes de dados.

·       Aplicativos internos para dados: Desenvolva uma ferramenta Micro-SaaS que conecte dados de várias fontes de dados e crie aplicativos (não somente dashboards), como fazem HoneyCode, Retool, AppSheet, etc. Os aplicativos precisam ter login, funções, permissões, controle de acesso, para que os usuários possam ver, editar e deletar dados a partir de suas necessidades. Como já mencionado, esses não são painéis simples, e requerem aplicativos completos que extraem dados, exibem na tela e fornecem opções para editar e salvar. Ferramentas como essa são normalmente chamadas de internal apps, e podem ser usadas em escritórios, por funcionários dentro de uma empresa que precisam acessar dados atualizados com opções personalizadas. Ofereça suporte a várias bases de dados, como Airtable, planilhas do Google, e também conexões com bancos de dados como JDBC, para oferecer suporte a bases de SQL. Além disso, avalie oferecer suporte para bancos de dados NoSQL, MongoDB, GCP Firestore, etc. O Retool conecta lindamente várias fontes de dados, inclusive GCP Firestore.

·       Dashboards para dados de cobrança/assinatura: Embora existam ferramentas para dashboards abrangentes, há uma necessidade de ferramentas específicas para cobrança/assinatura, para criação e exposição de dados de cobrança/assinatura. Facilite as coisas o máximo possível para o usuário. Integre vários provedores de pagamento, como, por exemplo, STripe, Paddle, Paypal, Gumroad, etc., e conecte esses dados aos dados dos usuários para mostrar às empresas as informações necessárias. Esses dados integrados (de provedores de pagamento e usuários) vão ajudar o empreendedor a entender sobre o churn de clientes, a receita média por cliente, o lucro por usuário, o custo das operações, etc. O segredo aqui é adicionar vários provedores e processadores de pagamentos, como Stripe, Paddle, Paypal, Gumroad, Recurly, ChargeBee, Google Play Payments, Apple Appstore, Shopify, etc. Em adição a isso, integre campanhas de e-mail e mostre o CTR médio e a taxa de abertura dos e-mails. Junto disso tudo, você também pode mostrar dados a partir do Google Analytics, Fathom Analytics, Plausible Analytics, etc.

·       Ferramentas de importação/exportação de dados e conexão/sincronização de dados: Essas são ferramentas que podem importar dados de fora do banco de dados para dentro do banco de dados. Por exemplo, às vezes, os usuários precisam importar dados de sistemas de fora para um banco de dados SQL. Ou, às vezes, os dados precisam ser movidos de um banco de dados SQL para um sistema externo, como Google Sheets ou Airtable. Desenvolva uma ferramenta que importe/exporte facilmente esses dados entre diferentes bases. Você também pode pensar em desenvolver conectores universais que deem suporte a algumas fontes de dados. Essas ferramentas de conexão universal devem ser capazes de conectar/ importar/ exportar dados de qualquer tipo de origem e destino.

·       Dados para API: O custo dos dados está ficando cada vez mais barato com o crescimento das nuvens, o que levou a uma grande quantidade de dados sendo armazenados pelas empresas. Embora os desenvolvedores possam usar códigos para se conectar às fontes de dados e criar API para ler, escrever, atualizar e deletar dados, isso ainda exige um desenvolvimento considerável para que se faça em escala, para várias fontes de dados. Para empresários que não são da área da tecnologia, isso aumenta o custo, uma vez que precisam contratar desenvolvedores para construir essa estrutura. Crie uma ferramenta Micro-SaaS que possa desenvolver uma API automatizada para fontes de dados. Tente oferecer suporte para o maior número de bases possíveis. A ferramenta deve permitir aos usuários selecionar a fonte de dados como um banco de dados MySQL, Postgres, ou fontes de dados não tradicionais, como Google Sheets, Airtable, Notion, etc., e oferecer uma API para acessar os dados dessas bases sem que seja necessário qualquer código. Garanta que a ferramenta ofereça suporte a planilhas do Excel, em que usuários possam “arrastar” e “soltar” planilhas do Excel e a ferramenta crie uma API para ler essas planilhas. Dessa forma, os usuários podem jogar dados de qualquer banco de dados/ferramenta e criar uma API além daquelas planilhas de dados do Excel.

·       Dados para gráficos: Desenvolva uma ferramenta Micro-Saas que possa se conectar a qualquer fonte de dados e que possa construir gráficos com esses dados. Os usuários devem ser capazes de selecionar a fonte de dados, selecionar nomes de colunas, escolher o tipo de gráfico (como, por exemplo, gráfico de pizza, gráficos de barras, etc.), e a ferramenta precisa exibir o gráfico a partir de dados atuais. Como complemento, ofereça a opção de compartilhar os gráficos de forma pública ou privada. Se um usuário desejar compartilhar de forma privada, ofereça uma opção para inserir os e-mails dos usuários com quem o gráfico será compartilhado. Crie um link privado para o gráfico e envie esse link de acesso privado para os usuários. Você ainda pode fazer melhor, adicionando autenticação de senha de único acesso, ou pode criar uma senha para cada usuário fazer login e ver o gráfico. Forneça um código Javascript que possa ser incorporado em sites externos para exibição.

·       Infográficos automatizados a partir de dados: Construa uma ferramenta Micro-SaaS que possa ler dados de fontes de dados e criar infográficos a partir dos dados, de forma automática. Você pode oferecer templates pré-configurados que os usuários podem escolher, ou ainda criar soluções de IA, como OpenAI/GPT-3. Seus usuários poderão, então, compartilhar esses infográficos com os colaboradores ou nas mídias sociais. Certifique-se de que cada infográfico passe pelo processo de aprovação antes de ser publicado para todos. Os infográficos precisam oferecer a opção pré-configurada de mostrar a logo e o nome da empresa, para que as páginas com infográficos contenham essa informação. Como alternativa, você ainda pode desenvolver uma ferramenta na qual os usuários possam criar modelos de infográficos e mapear espaços reservados para dados de fontes de dados conectadas. Assim, os dados das fontes de dados podem ser extraídos regularmente, e infográficos atualizados são criados e enviados para aprovação.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário