Estratégia de SEO: como destacar o seu Micro-SaaS no Google

Aprenda estratégias de SEO para destacar o seu negócio de Micro-SaaS no Google

Bruno Okamoto
9 Min de leitura
Estratégias de SEO para Micro-SaaS: como chamar a atenção para o seu negócio

O uso de Google Ads no seu Micro-SaaS

Em vários artigos, principalmente de estudos de caso, como do Jonathan Fróes, comento sobre a importância de usar o Google Ads no lançamento do seu projeto.

A beleza do Micro-SaaS está no fato de que, por ser nichado, acaba facilitando a compreensão a respeito do público alvo e da dor que está sendo resolvida para esse público. E investir em Google Ads, pensando no fim do funil, é uma excelente e rápida forma de conseguir seus primeiros clientes.

Quer participar da primeira e maior comunidade de Micro-SaaS do Brasil?

  • Conheça todas as novidades do mercado
  •  Faça networking
  •  Troque informações e conhecimento com profissionais de tecnologia, marketing e negócios

 Junte-se a mais de 5.000 profissionais em nossa Comunidade de Micro-SaaS BrasilConheça aquiÉ Grátis!

Agora, o Google também é um excelente canal, além de pago, para gerar tráfego para seu Micro-SaaS. É, inclusive, uma excelente oportunidade para todos os empreendedores aprenderem sobre SEO.

Eu não vou entrar tanto no mérito do Google Ads, porque existem centenas de vídeos e tutoriais de como começar, mas, já adianto uma coisa: o Google Ads tem uma curva de aprendizado muito menor do que tinha há alguns anos atrás.

Já ensinei vários empreendedores a lançar Micro-SaaS nos últimos meses. Todos lançaram e testaram Ads, e a conclusão a que chegamos é de que o Google tem facilitado muito a estruturação e a otimização das campanhas com sua AI, porque entende que se você desempenha bem e consegue mais clientes, consequentemente, vai investir mais em Ads. Todos ganham.

Então meu amigo(a), se você está lançando um MVP considere fortemente investir em Ads.

SEO: como chamar a atenção para o seu Micro-SaaS

Existem 19 canais de aquisição de usuário e várias formas de conseguir atenção para seu lançamento. Hoje vamos falar especificamente de um: SEO.

Quando me deparei com a newsletter do Lenny (que contribuiu com este post), achei um artigo em que ele fala sobre formatos para conseguir atenção para seu produto.

Um dos formatos (item 2) é sobre o lançamento “Drops” de mini produtos.

lennysnewsletter.com

No artigo, Lenny comenta sobre como algumas startups lançaram produtos acoplados a sua oferta principal para gerar tráfego e trazer mais usuários para a nave mãe.

Essa ferramenta é uma precursora do Calm, um dos maiores apps de meditação do mercado. A brincadeira do “Faça nada por 2 minutos” se constitui, basicamente, em você não mover o cursor do mouse por 2 minutos. Simples assim.

O website recebeu 2 milhões de visitantes únicos, e facilitou mais de 100.000+ e-mails capturados em 2 dias.

Os canais de distribuição foram: Hacker News, publicações em jornais, e o famoso efeito viral das pessoas que completavam o desafio e compartilhavam em suas redes sociais.

Outro exemplo é o CodeAcademy, que lançou um produto chamado Code Year Challenge, explorando a ideia de que as pessoas querem construir metas para o ano novo, e montou um produto focado em ajudar as pessoas a começarem o ano aprendendo a programar.

No final, conseguiram 400.000+ inscrições no período de 3 meses.

Os canais de distribuição foram: influencers participando do desafio.

Sites focados em palavras-chave

Uma forma de começar a aprender SEO para seu Micro-SaaS pode ser começando com vários pequenos sites focados em uma palavra-chave ou um grupo de palavras-chave.

Um exemplo trazido pelo Gleidson foi um site de música:

Todas as fotos são de sites escravos de um Micro-SaaS da comunidade Nova Economia do Micro-SaaS.

Site 1 (genérico, baixar músicas):

  • baixar músicas;
  • baixar mp3;
  • programa para baixar músicas;
  • programa para baixar mp3

Site 2 (baixar músicas em computador/pc/notebook):

  • programa para baixar música no pc;
  • programa para baixar música no notebook

Site 3 (baixar do youtube):

  • programa para baixar músicas do youtube;
  • baixar músicas do youtube
Foto de um projeto escravo de um Micro-SaaS da comunidade

Site 4 (baixar do celular):

  • baixar música no celular;
  • baixar música mp3 no celular

E assim por diante. É possível ter vários sites escravos.

Dessa forma, você consegue ir testando cada grupo de palavras-chave, e é muito mais “fácil” que ao menos um dos sites tenha sucesso (ou até que todos tenham).

Embora os projetos sejam separados, todos têm uma coisa em comum: geram leads para o site principal.

A lógica é bem similar ao formato de lançar uma landing page com Ads pagos. No final, você está capturando leads para um produto específico. O objetivo é o mesmo.

Além disso, se um dos sites for penalizado de alguma forma pelo Google (pode acontecer por algum motivo ou por mudanças no algoritmo), você ainda vai ter outros rodando e aprendendo com todos eles ao mesmo tempo.

Lembre-se: trate seu Micro-SaaS como um laboratório de habilidades. Se você não sabe, SEO é uma excelente forma de você aprender construindo sites escravos.

O passo a passo de forma simplificada:

  • Uma LONGA pesquisa de palavras-chave;
  • Organizar os sites que serão feitos;
  • Procurar os domínios disponíveis para cada site escravo;
  • Criar o site escravo (é como se fosse uma landing page com foco em palavras-chave);
  • Conseguir links para os sites (Guest Post pode ser uma boa opção).

Resultados da estratégia de sites escravos

Todas as fotos dos sites escravos acima levam a esse Micro-SaaS “nave mãe” de um empreendedor da comunidade

Todas as fotos dos sites escravos acima levam a esse Micro-SaaS “nave mãe” de um empreendedor da comunidade Nova Economia do Micro-SaaS.

Na comunidade, existem alguns membros que fazem isso. De cabeça, consigo pensar em 4 ou 5 que conheci que usam essa estratégia. Ela não é tão simples de fazer, mas, é um excelente exercício e uma ótima oportunidade de aprender mais sobre o Google.

Além de tudo, eu sei que é trabalhoso, principalmente quando você tem seu emprego e seu projeto principal para administrar. E é um fato que a falta de tempo pode prejudicar o desempenho dos sites secundários também.

Inspire-se com este artigo sobre montar uma fábrica de conteúdo para Micro-SaaS.

Algumas dicas do Gledison:

  • Um ponto importante que o Gleidson comenta é para você tomar cuidado em como enviar leads para seu site principal. O ideal é ser “nofollow” passando por algum site de redirecionamento, como Bitly ou semelhantes;
  • Não saia comprando domínios e fazendo site. SEO é muito mais do que simplesmente fazer um site com várias palavras-chaves;
  • Se você está terminando seu projeto, talvez seja interessante começar a fazer as pesquisas e produzir conteúdos tanto para seu Micro-SaaS “nave mãe” quanto para um site secundário;
  • Quando você estiver com seu projeto principal rodando e minimamente otimizado, você pode ir construindo outros sites em paralelo;
  • Com o crescimento dos sites secundários, você vai ou ter que dedicar mais tempo em cuidar deles ou terceirizar a produção deles;
  • Essa estratégia não serve para validar MVP’s por se tratar de uma estratégia de médio/longo prazo

Outro ponto importante é que os sites demoram para entrar nas primeiras posições, mesmo que muito nichados, e provavelmente, com o tempo, tendem a cair devido à taxa de rejeição ser alta.

Além disso, manter nas primeiras posições também não é algo fácil. Por isso, se você está buscando validar rápido, use o Google Ads. Se você já conhece o mercado, seu público e o problema que você está resolvendo, então considere fortemente montar uma estrutura de conteúdo e, talvez, construir seu primeiro site secundário.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário