Oferta X Demanda: timing perfeito para criar um Micro-SaaS

Entenda as razões para a o mercado de Micro-SaaS estar tão em alta

Bruno Okamoto
7 Min de leitura
Procura X Demanda: entenda o motivo de agora ser o perfect timing para criar um Micro-SaaS

Por que os Micro-SaaS são a bola da vez para os desenvolvedores?

Durante a pandemia, muitos desenvolvedores se beneficiaram da demanda explosiva que aconteceu pelo mundo. Todos que sabiam programar se beneficiaram, de uma forma ou de outra, desse movimento recente. E tá tudo bem.

A partir dessa experiência, muitos descobriram, por acaso, lançando projetos laterais (side projects), por quaisquer que fossem seus motivos, que esses projetos poderiam crescer e trazer uma receita complementar a sua renda.

Quer participar da primeira e maior comunidade de Micro-SaaS do Brasil?

  • Conheça todas as novidades do mercado
  •  Faça networking
  •  Troque informações e conhecimento com profissionais de tecnologia, marketing e negócios

 Junte-se a mais de 5.000 profissionais em nossa Comunidade de Micro-SaaS BrasilConheça aquiÉ Grátis!

Alguns desenvolvedores mais ousados acabaram se aventurando, não somente em um, mas, em dois, três, quatro, e até mesmo 8 Micro-SaaS, até conseguir ter renda suficiente, conhecido como Ramen profitability (A meta é gerar uma renda adicional e chegar até o ponto de pagar o salário do fundador).

Mas, por que agora? É simples, a tecnologia está evoluindo, e é cada vez mais fácil desenvolver projetos que possam atingir os mais diversos nichos. Lançar um projeto agora é muito mais fácil, até mesmo se você não sabe uma linha de código. O no-code, do qual tratamos neste artigo, é um exemplo disso.

Empreender é parecido com jogar no cassino

É uma carreira para apostadores. Toda vez que você escreve um livro, você joga o dado e não sabe se será um enorme sucesso ou um enorme fracasso

George R. R. Martin

Ele escreveu 28 livros antes de lançar Game of Thrones.

Hoje em dia, o desafio não é mais o acesso à informação ou as ferramentas que se têm em mãos, mas, ao contrário disso, o maior desafio é encontrar ideias simples que possam ser criadas.

Desafios como 12 startups in 12 months (12 startups em 12 meses), de Pieter Levels, é um exemplo de aposta. Você pode lançar 11 fracassos, mas, no projeto seguinte, um “passarinho” aleatório que você fez voando entre canos do Super Mario pode ser viral e te trazer $50 mil por dia.

Flappy Bird – game que foi viral no mundo todo

Lá fora, você pode construir uma ferramenta em uma noite e, no dia seguinte, lançar no Product Hunt, conseguindo seus primeiros usuários. No final do dia, seja 12 ou 25 produtos em 25 semanas, a mensagem é clara.

Quanto mais projetos você lançar e quanto mais simples eles forem, mais “sorte” você terá em conseguir construir uma renda adicional.

Projetos como conteúdo

Na internet, além de Micro-SaaS, existem vários desenvolvedores que estão construindo ferramentas e produtos focados em construção de audiência  – como no caso do @Titxo, da comunidade do Telegram.

https://spatium.earth – Projeto do Titxo para montar uma base de usuários e depois lançar novos projetos

Em nossa comunidade, além do exemplo do nosso colega acima, temos vários empreendedores que começaram Micro-SaaS em cima de palavras-chave com alta demanda de pesquisa mensal, como é o caso do Giancarllo Rojas (coredação) – com a simples intenção de ser um projeto para aprender marketing e SEO.

No Twitter, a comunidade de Micro-SaaS é bem ativa através da #BuildInPublic. Você pode seguir alguns empreendedores, e acompanhar as montanhas russas a respeito de ter um portfólio de vários pequenos projetos – desde a criação até a venda em marketplaces, como MicroAcquire.

MicroAcquire

Métricas de crescimento da MicroAcquire. Estão voando!

Não conheço um negócio – além do álcool em gel durante a pandemia – que acertou tanto o timing de lançar um projeto como o do Andrew Gazdecki. A ideia de você comprar e vender um Micro-SaaS ou um projeto digital em um marketplace, em qualquer lugar do mundo, de forma totalmente automática e com pouca ou quase nenhuma interação humana, é simplesmente genial.

E muita gente está surfando neste momento.

Existem desenvolvedores construindo vários projetos simultaneamente e, quando cansam ou quando não conseguem mais dar vazão, simplesmente vendem o projeto para outra pessoa que pode seguir tocando o negócio.

Além desses, existem ainda várias pessoas comprando projetos, investindo $500k e transformando esse montante em $1.5M, em 17 meses. 

As possibilidades são inúmeras e o momento é agora. Não fique buscando a ideia perfeita ou o melhor momento. Comece a fazer hoje mesmo!

Um portfólio de pequenas apostas

Meus projetos favoritos são pequenos cactos; cabem em um pequeno pote, crescem rápido e precisam de pouca água e manutenção

Ben Issen, que possui 7 Micro-SaaS.

Se você tem várias ideias em mente, então veja esses projetos como algo divertido. Você pode construir um e, então, pular para o próximo. É como um quebra-cabeça em que você sai de zero e vai para alguns usuários. E em cada projeto, adquire-se mais prática – desde construir, lançar, até fazer marketing.

Além de tudo, isso estimula a criatividade e incentiva você a estar sempre buscando ideias e soluções – como um artista digital.

Ainda, você pode usar os pequenos projetos para ter uma ideia de como um projeto maior funcionaria. Comparativamente, é como se houvesse uma árvore, e seus galhos fossem os Micro-SaaS. Isso pode, enfim, te dar vários insights, e direcionar para projetos maiores.

O que tiro de lição a respeito dessa realidade é que, hoje em dia, ter um portfólio de várias pequenas apostas é um exercício de tentativa e erro. Quanto antes você começar a testar, mais rápido vai errar; construir esse projeto em público, como estou fazendo aqui, traz uma audiência de seguidores que podem se beneficiar das experiências discutidas nos artigos, construindo relações significativas; essas relações podem facilitar no lançamento de outros novos projetos. E esses projetos, um dia, podem vir a se tornar menos divertidos, podem ser vendidos, e toda a experiência adquirida, finalmente, pode gerar uma boa grana. O que conta, é a experiência de construir, lançar, pivotar e ter clientes satisfeitos e, no Brasil, vejo muito pouco dessa mentalidade de ter um portfólio de small bets. Espero mudar isso aqui com essa newsletter.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário